Blog Institucional para divulgação de ações da Brasillistas Guia de Negócios e prestação de serviço com publicação de notícias, eventos culturais e de formação profissional em todo o Estado de São Paulo, nossa principal área de atuação.



quarta-feira, 30 de novembro de 2011

“O Silêncio Depois da Chuva”

Foto: Otávio Dantas / Divulgação
“O Silêncio Depois da Chuva” apresenta a história de uma mãe e dois filhos, que habitam uma casa de paredes de concreto, sem móveis, local onde a chuva parece não cessar.

Dirigida por Leonardo Moreira e escrita por Gustavo Colombini, a peça aborda as ligações familiares e o distanciamento nas relações cotidianas. Até 18 de dezembro a montagem fica em cartaz no mezanino do Centro Cultural Fiesp, com entrada gratuita.

As apresentações seguem de quarta à sábado, às 20h30 e aos domingos, às 19h30. Resultado de um processo de formação de novos autores propostos pelo Núcleo de Dramaturgia Sesi – British Council, a peça tem no elenco a participação da atriz Gisela Millás e de Fabricio Licursi, Thiago Amaral e Leonardo Devitto, estes últimos três, jovens revelações formados pelo Núcleo Sesi de Artes Cênicas.

Arte Urbana: Os grafites em SP



São Paulo, cidade de muitos talentos criativos, começou a ganhar o colorido dos grafites nos anos 80. E hoje, muito dos seus artistas com reconhecimento internacional, atraem visitantes à procura de suas obras, estes acabam se encantando com a descoberta de novos gênios da arte de rua.

Essas intervenções urbanas, pela sua característica dinâmica, podem ser admiradas por um tempo limitado e indeterminado, mas podem ser imortalizadas com as fotos que de tempos em tempos são expostas em galerias e outros espaços culturais. Explore as ruas de São Paulo, se atente aos detalhes e se surpreenda com o encontro de uma inesperada obra.


PRINCIPAIS PONTOS DE GRAFITES:

  1. Pinheiros/ Vila Madalena – Beco do Batman e Beco do Aprendiz
Em meio à boemia de Pinheiros e Vila Madalena, muros e lojas ganham o colorido do grafite. São muitos os pontos ocupados e, descendo pela Rua Cardeal Arcoverde, há travessas em que o grafite está gravado nos viadutos, escadarias (que leva a Rua Cristiano Viana) e muros, como na esquina com a João Moura onde existe um painel coletivo pintado nas portas de uma loja de móveis, com obras de Carlos Dias e Daniel Melin. É também por ali que está o Beco do Batman, nas ruas Gonçalo Afonso e Medeiros Albuquerque.

Considerado um dos pontos de grafite mais famosos de São Paulo, o beco é totalmente coberto por trabalhos de artistas nacionais e estrangeiros. Outra obra interessante na região é a obra pintada pelo Studio Kobra na lateral da Igreja do Calvário, em homenagem aos 447 anos do bairro. Em dezembro de 2002 por iniciativa da Cidade Escola Aprendiz foi revitalizada a área até então degradada, batizada de Beco Escola (entre as ruas Belmiro Braga e Padre João Gonçalves), hoje, pode ser considerado uma galeria ao ar livre com 54 painéis.

  1. Túnel da Paulista (acesso à Avenida Rebouças)
Um dos points do grafite mais conhecidos em São Paulo, o túnel da Paulista que leva à Avenida Rebouças, é coberto por painéis coletivos, num mosaico que nos coloca o desafio de identificar as diferentes formas de expressão com o uso do spray. Nesse espaço são promovidas até mesmo edições especiais com desenhos temáticos. Em 2008, por exemplo, a comemoração dos 100 anos da imigração japonesa pautou os grafiteiros em suas criações no local.

  1. Avenida 23 de Maio
Em janeiro de 2009, pela ocasião do aniversário da cidade, um grupo de sete grafiteiros liderados por Kobra, reproduziram na Avenida 23 de Maio uma cena paulistana da década de 20. O painel tem quase mil m² e impressionante perfeição e riqueza de detalhes em técnicas de grafite. Esse estilo compõe uma série de trabalhos que estampam pela cidade a memória da São Paulo do início do século passado, intitulado “Muro das Memórias”.

- EDUARDO KOBRA – Nascido em São Paulo, Eduardo Kobra começou sua trajetória por volta de 1987 no bairro do Campo Limpo, trabalhando inicialmente com o pixo e o grafite. Nos anos 90 criou o Studio Kobra, decorrente das manifestações que a Arte Urbana conquistou em São Paulo. O aprimoramento de seus traços desenvolveram uma forma original e exclusiva de expressão, derivando um muralismo inspirado em alguns artistas, especialmente os pintores mexicanos e no design do norte americano Eric Grohe. O projeto “Muros da Memória” tem como objetivo principal modificar a paisagem urbana por intermédio da arte. eduardokobra.com
  1. Liberdade
No bairro da Liberdade tem espaço grafiteiros que desenvolvem traços finos em figuras mais delicadas, que se assemelham aos mangás japoneses. Os desenhos no bairro da colônia oriental em São Paulo não poderiam ser mais apropriados, numa demonstração de que o grafite paulistano reflete elementos da cultura local. Os painéis são um pouco menores, porém muito elaborados. Inclua no percurso a Rua Galvão Bueno e a Rua da Glória, bem ali nas ruelas que se cruzam existem pinturas de Titi Freak e Whip. Pelo bairro ainda é possível conferir intervenções de Nina Pandolfo, Os Gêmeos, e Nunca.

- TITI FREAK – Nascido em 1974, Hamilton Yokota, mais conhecido como Titi Freak, apresenta em sua arte a mistura do espírito espontâneo dos brasileiros com a estética disciplinada dos japoneses. Paulista de ascendência nipônica, Freak trabalhou dos 13 aos 20 anos no estúdio Maurício de Souza e conheceu o grafite em 1995, mesclando referências contemporânea e pop em seus trabalhos. O artista brasileiro tem suas obras expostas em muros de países como Tóquio, Nova York e Londres. www.tfreak.com

- WHIP – Rodrigo Yokota, o “Whip”, nasceu em 1983 no bairro da Liberdade. Grafiteiro, ilustrador e jogador de ioiô, o artista cresceu cercado pela influência que o irmão mais velho Hamilton Yokota (Titi Freak), também grafiteiro e ilustrador, levava pra casa - como desenhos e quadrinhos. Aos 15 anos teve sua primeira ilustração publicada e no ano seguinte fez seu primeiro grafite, utilizando as ruas de São Paulo para realizar seus trabalhos. whip.art.br
  1. Centro
Na região central da cidade é possível encontrar muitas intervenções urbanas misturadas com a arquitetura histórica. São comuns os gigantescos murais como o estêncil de 33m do artista Daniel Melim (Av. Prestes Maia – Luz), que reproduziu um desenho com influência da Pop Art. Ali perto, na Av. Tiradentes, 822, há dois murais de Eduardo Kobra, em que são reproduzidos imagens da própria avenida nos anos 50.

No Vale do Anhangabaú surpreenda-se com o encantador boneco amarelo de Os Gêmeos criado em 2009, como parte das comemorações do Ano da França no Brasil. Na Praça da República, a CIT – Central de Informação Turística ganhou a beleza dos coloridos de Binho, Chivitz e Minhau. Confira!

- DANIEL MELIM – Daniel Melim, nasceu em 1979 em São Bernardo do Campo. Pós graduado em Artes Visuais, desenvolveu sua habilidade com a pintura por meio de grafites e intervenções urbanas nas ruas de seu bairro. Utilizando elementos próprios da publicidade, como o Pop das imagens, sua arte é quase sempre relacionada a técnica de pintura sobre máscaras com imagens vazadas e estêncil. Apropria-se de muros mal acabados ou construções em más condições (pinturas descascadas, sujeira, rabiscos) para criar texturas e composições.

- BINHO RIBEIRO – Fabio Luiz Santos Ribeiro, também conhecido como Binho Ribeiro, é um dos pioneiros no Brasil e América Latina e um dos principais nomes do street art mundial. Seu trabalho pode ser apreciado em localidades como Buenos Aires, Nagoya, Tóquio e San Thiago e até mesmo em campanhas publicitárias. A disseminação da cultura e arte de rua fazem parte de seu idealismo. www.flickr.com/binhone

- CHIVITZ – Chivitz, trabalhando há mais de dez anos como artista urbano, apresenta em suas intervenções elementos relacionados ao grafite e à tatuagem. Suas pinturas - com influência em cartoons - são marcadas pela utilização das cores lilás, cinza, preta, branca e magenta. Seu trabalho possui uma estética peculiar e inconfundível que permite reconhecer suas intervenções pela originalidade que apresentam. www.coracaovandalo.com

- MINHAU – Camila Pavanelli, mais conhecida como “Minhau”, destaca-se em seu trabalho pela utilização de traços fortes e cores contrastantes. Marca registrada de seu trabalho, os gatinhos ganham espaço nos muros e outros locais da cidade de São Paulo rompendo com o cinza predominante do concreto e das construções. www.flickr.com/photos/minhau
  1. Cambuci
No bairro do Cambuci, berço de talentos da arte urbana em São Paulo, as ruas tornaram-se inspiração para esse gênero de ocupação artística. Os ex-residentes Os Gêmeos deixaram por lá sua marca com a emblemática pintura do gigante amarelo, e outros artistas que se destacam na nova geração do grafite assinam obras, principalmente pinturas murais. Um bom lugar para começar a visita é pelo muro da esquina da Rua Lavapés com a Justo Azambuja. Além de Os Gêmeos e de outros nomes, o local tem trabalhos de Nina Pandolfo, que recorre a temas infantis e femininos, e de Nunca, outro artista que, em 2008, ocupou a fachada do Tate Modern, um dos principais museus londrinos.

- OSGEMEOS (Gustavo e Otávio Pandolfo) – Gustavo e Otávio Pandolfo, nascidos em 1974 em São Paulo, são uma dupla de irmãos grafiteiros conhecidos como Osgemeos. Iniciaram seu trabalho com grafite em 1986 pelas ruas do Cambuci - bairro onde nasceram. Atualmente é possível encontrar suas intervenções artísticas em diversos países, como EUA, Austrália, Alemanha, Portugal, Itália, Grécia, Espanha, China, Japão, Cuba, Chile e Argentina. Há uma grande riqueza de detalhes e variedade de temas em suas obras, porém a característica marcante são os bonecos de cor amarelada. São os grafiteiros mais conhecidos do Brasil. osgemeos.com.br

- NINA PANDOLFO – Nascida em Tupã (São Paulo), em 1977, Nina Pandolfo começou a grafitar nas ruas da cidade em 1992. A artista é uma das maiores representantes do grafite feminino no Brasil. Em seu trabalho nota-se a presença de figuras femininas com traços suaves, mas de personalidade. Uma característica marcante de seus personagens são os olhos enormes. Suas obras também podem ser apreciadas em galerias pelo mundo. www.ninapandolfo.com.br

- NUNCA (Francisco Rodrigo) – Francisco Rodrigo, o “Nunca”, nasceu em 1983. Iniciou seu trabalho com grafite aos 15 anos com traços inspirados na cultura indígena brasileira. Algumas características que podem ser observadas no seu trabalho são as figuras marcantes e intensamente coloridas, a utilização da cidade como um meio dinâmico, ausência da “arte pop” e o figurativismo crítico.
  1. Rio Tietê
Na cinzenta canalização do rio Tietê, uma forma curiosa de grafite: lá, o grafiteiro Zezão estampa seus “flops”, nome dado pelo artista aos desenhos azulados, cheios de linhas e curvas que ora lembram canos, ora lembram ondas, ora lembram flores e outras formas de vida, nas desembocaduras do rio. Existem desenhos pintados dentro dos canais, que não são possíveis visualizar, mas que expressam a forma inusitada como o artista desenvolve seu trabalho.

- ZEZÃO – José Augusto Amaro Capela, o “Zezão”, nasceu em São Paulo em 1971. O artista começou a trabalhar com grafite em 1995 sendo um dos pioneiros da cidade. Conhecido por realizar suas intervenções em bueiros e canais de água pluvial com direção aos rios Tietê e Pinheiros, sua arte é profunda e complexa, apresentando dimensões político-sociais. Uma característica marcante de seu trabalho são os grafites azuis e com formato arredondados. www.flickr.com/people/zezao/
  1. Minhocão
Nas colunas que sustentam a “passarela elevada” conhecida por Minhocão, encostam-se moradores de rua e pedestres que aguardam a vez de atravessar a rua. Será que eles percebem como estão sendo envolvidos e vigiados pelos desenhos e cores interessantes dos grafites gravados ali? Quem tem faro artístico percebe sim!
  1. Av. Cruzeiro do Sul
Cerca de 70 colunas que sustentam o metrô na Avenida Cruzeiro do Sul receberam um colorido especial de mais de 50 artistas, transformando a região de Santana em uma grande galeria ao ar livre: o 1º Museu Aberto de Arte Urbana. O projeto que ainda prevê ações educativas com a população local, nesta primeira edição contou com obras do grupo de artistas “Coletivo PHA”, entre eles Chivitz, Binho Ribeiro, Akeni, Minhau, Speto, Presto, Markone, Onesto, Zezão, Highraff.

ESPAÇOS CULTURAIS:

  1. Galeria Choque Cultural (R. João Moura, 997 – Jardim Paulista)
- Galeria de artes cuja missão é aproximar o público jovem das artes plásticas, incentivando ao colecionismo, fomentando conhecimento e promovendo intercâmbios.
  1. MASP – Museu de Arte de São Paulo. (Av. Paulista, 1578)
- Em 2011, pela 2ª vez o MASP convidou uma mostra de arte urbana, com a proposta de renovação da arte e das idéias de arte: “De dentro e de fora” de 17 de agosto a 23 de dezembro”
  1. Matilha Cultural (R. Rego Freitas, 542)
- Centro cultural independente voltado para a convergência de idéias e ações em prol do bem comum. Apóia e divulga produções culturais e iniciativas sócio-ambientais.
  1. MuBE - Museu Brasileiro da Escultura (Av. Europa, 218)
- Promove o “Graffiti Fine Art”, evento que traça o panorama dos mais diversos tipos de grafite, com trabalho de artistas nacionais e estrangeiros de diferentes gerações.
  1. QAZ Galeria de Arte (R. Mato Grosso, 306 – loja 09 - Higienópolis)
- A QAZ foi criada no início de 2008 com o objetivo de divulgar no Brasil e no exterior o trabalho de jovens artistas plásticos que têm sua produção relacionada com o graffiti e a street art.
  1. Spray Galeria (R. Delfina, 112 – Vila Madalena)
- Novo reduto dos grafiteiros, a Spray Galeria foi idealizada pelo artista Rui Amaral e pelo colecionador José de Souza Queiroz para ampliar a visibilidade das obras de artistas procedentes da arte urbana no Brasil.

EXTRAS:

Obras/Localização (por artistas):

Binho, Highraff, Zezão, Speto, Presto
Rua Gonçalo Afonso, 74 – Pinheiros

Binho, Nick Seth (França), Tikka
Rua Martins Fontes, 211 – República

Binho, Hyper
Avenida Santo Amaro, 3122 - Itaim Bibi

Binho, Tinho
Mural de Santana – Avenida Alfredo Pujol

Binho, Tinho, Anjo
Rua Amauri

Binho, Nem, Nick, Anjo, Jey, Guid
Avenida Dr. Arnaldo (Pista de Skate)

Binho, Presto, Zezão, Hiraff
Avenida Sumaré

Binho
Rua Júlio Rodrigues Mendes, 212 – Tucuruvi

Rua Claudino Inácio Joaquim, 326 – Tucuruvi

Rua Cesário Ramalho – Cambuci

Avenida Cruzeiro do Sul – Santana

Avenida Tucuruvi

Avenida Consolação

Avenida Sumaré

Rua Silveira da Mota

Chivitz
Avenida Prestes Maia, 454 – República

Rua Carneiro Leão, 243 – Brás

Rua Professor Fábio Fanucchi, 1-41 – Santana

Rua Augusta (Vista para Avenida 23 de maio)

Rua Paganini – Pari

Avenida Presidente Wilson - Móoca

Daniel Melim, Cláudio Donato, Ozéas Duarte, Kaleb, Bete Nóbrega e Celso Gitahy
Rua Henrique Shcaumann, 777 – Pinheiros

Daniel Melin
Avenida Prof. Luiz Inácio Anhaia Melo, 4440 – São Lucas

Eduardo Kobra
Rua Belmiro Braga, 49 – Pinheiros

Mural da Avenida Vinte e Três de Maio

Ise
Av. Prof. Luiz de Anhaia Melo, 4440 – São Lucas

Rua do Lavapés, 1023 – Cambuci

Ise, Osgemeos, Gueto
Rua Manuel Silva Neto, 207 – São Lucas

Ise, Osgemeos, Coyo
Rua Pedro Taque, 39 – Consolação

Ise, Osgemeos, Finok, Zéfix
Rua Teixeira Leite, 22-46 – Sé

Minhau, Chivitz, César Profeta, Jey, Guid, Crespo, Paulo Ito, Vermelho, Venon
Rua Enxovia, 370 – Santo Amaro

Rua Augusta, 17

Minhau
Rua Palmonio Mônaco, 1080 – Mooca

Minhau, Never, Nove
Av. Prestes Maia, 484 – República

Rua Paganini - Pari

Minhau, Chivitz, Binho
Central de Informações Turísticas – Praça da República

Minhau, Chivitz
Rua Silva Teles - Pari

Rua Frei Caneca

Rua Torquato Neto - Brás

Nina Pandolfo
Av. Prof Luiz Ignácio Anhaia Melo, 4440 – São Lucas

Rua Agostinho Cantu, 88 – Butantã

Nina Pandolfo, Zéfix, Ise, Nunca, Osgemeos, Finok
Viaduto Jaceguai, 1212 – República

Nina Pandolfo, Ise, Colega, Nunca
Avenida 24 de maio, 142 – República

Nove
Rua Tabatinguera, 77 – Sé

Rua Frederico Abrances – Santa Cecília

Rua Palmonio Mônaco, 1081 – Mooca

Nunca
Rua do Lavapés, 1023 – Cambuci

Rua Tamandaré, 490 – Liberdade

Rua Tamandaré, 87 – Liberdade

Rua Conde de São Joaquim, 306 – Bela Vista

Viaduto Jaceguai, Sé

Nunca, Osgemeos, Ise, Zefix
Rua Vergueiro, 2358 – Vila Mariana

Nunca, Osgemeos, Ise
Av. Radial Leste-Oeste, 716 – Sé

Nunca, Finok
Acesso Assembléia – República

Nunca, Ise
Rua 24 de maio, 116 – República

Rua 24 de maio, 77-141 – República

Osgemeos
Vale do Anhagabaú

Rua dos Lavapés – Cambuci

MAM – Parque do Ibirapuera

Ruas dos Alpes com Silveira Motta – Cambuci

Av. General Ataliba Leonel, 1172 – Santana

Osgemeos, Nunca
Rua General Mena Barreto, 78 – Jardim Paulista

Osgemeos, Nunca
Rua Conselheiro Torres Homem, 25 – Jardim Paulista

Speto
Rua Gonçalo Afonso, 75 – Pinheiros (Beco do Batman)

Rua Medeiros de Albuquerque, 41 – Pinheiros

Tinho, Gelo, Bugre, Nossa, Nem Feik
Rua Bujaru, 65 – Cangaíba

Titi Freak
Rua Scipião, 129 – Lapa

Praça dos Omáguas, 69 – Pinheiros

Rua Gonçalo Afonso, 75 – Pinheiros (Beco do Batman)

Rua Dr. Siqueira Campos, 42 – Liberdade

Rua Tamandaré, 6555 – Liberdade

Rua Tamandaré, 175 – Liberdade

Rua Rocha Pombo, Liberdade

Tito Ferrara
Rua Tapira, 1-101 – Santo Amaro

Whip
Rua Cayowaá, 2243 – Perdizes

Rua Galvão Bueno – Liberdade

Praça da Liberdade, 248 – Sé (Banca de Jornal)

Zezão
Córrego do Carandiru / Galerias do Rio Tietê

Zezão, Binho, Nove, Presto
Córrego Tucuruvi


Outros nomes importantes na história do grafite nacional:

Alex Vallauri, Carlos Matuck, Júlio Barreto, Carlos Delfino, Ciro Cozzolino, John Howard, Jaime Prades, Rui Amaral e Zé Carratu, Maurício Villaça, Waldemar Zaidler, Marcelo Bassarani, Daniel , Rodrigues, Ivan Taba, Celso Gitahy, Moacir Vasquez, Juneca, Job Leocádio, Jorge Tavares e Chico Américo, Edinho7 e Jaime Prade

Caminhada Noturna permite que turistas e paulistanos conheçam o centro da cidade sob novo olhar


Aspectos históricos e arquitetônicos da capital paulista ganham um novo olhar com o projeto Caminhada Noturna, que promove, todas às quinta-feiras, às 20h, um encontro de 50 a 100 pessoas que percorrem, gratuitamente, pelo centro de São Paulo, as imediações do Teatro Municipal.

O percurso de duas horas passa por 22 pontos turísticos e históricos do centro paulistano, entre eles o Edifico Esther, Prédio Jaraguá, Casa Alves de Lima, Cine Marrocos, Edifício da Telefônica, Teatro Municipal, Edifício Copan, Galeria Olido, Edifício Itália e Galeria do Rock.

Marcada por mais de 200 edições, a Caminhada Noturna conta com a participação de especialistas e personalidades ligados à arquitetura, artes plásticas, administração ública, história e urbanismo, trazendo a chance àqueles que desconhecem o centro de São Paulo, aprenderem sobre suas histórias e significado com um simples passeio.

Serviço
Caminhada Noturna
Data: toda quinta-feira
Horário: 20h
Confira programação no site.
Preço: grátis
Classificação etária: livre
Tel.: (11) 3256-7909
Site: http://caminhadanoturna.com.br


terça-feira, 29 de novembro de 2011

Até dia 30: Arte Pop e Realismo se juntam em exposição


Obras de Danyael Lopes trazem ícones da mpusica contemporânea em traços singulares. A Pop Art teve seu ápice na década de 60, encabeçada por Andy Warhol e Roy Lichtenstein – alertava o homem moderno imerso em suas tecnologias e a massificação geral da cultura.

No Brasil o movimento também agrupou adeptos e teve desdobramentos peculiares, um deles é Danyael Lopes, que expõe seu trabalho na mostra “Realismo Pop” na Livraria Cultura do Shopping Villa Lobos, entre os dias 3 e 30 de novembro, com entrada gratuita.

A estética das obras fragmenta técnicas características da Pop Art com Realismo, em retratos de Keith Richards, Amy Winehouse, Raul Seixas, entre outros ícones da música.

Realismo Capitalista e Outras Histórias Ilustradas


Até o dia 29 de janeiro, os visitantes do Masp poderão conferir o trabalho de um dos maiores nomes da arte europeia no período do pós-Guerra. A exposição Realismo Capitalista e Outras Histórias Ilustradas traz 250 obras do artista alemão Sigmar Polke.

Esta é a primeira mostra internacional do artista após a sua morte, no ano passado, aos 69 anos. Em plena Guerra Fria, marcada pela disputa entre Estados Unidos e União Soviética pela hegemonia do mundo, Polke conseguiu criticar os dois lados dessa polarização, provocando o realismo socialista dos comunistas e se opondo ao consumismo característico dos capitalistas.

Realismo Capitalista e Outras Histórias Ilustradas
Data: de terça-feira a domingo, até 29 de janeiro de 2012
Horário: quinta-feira, das 11h às 20h; nos outros dias, das 11h às 18h
Locais: Masp
End.: Av. Paulista, 1578 - Jardim Paulista - metrô Trianon-Masp
Preço: R$ 15; meia-entrada para estudantes, menores de 10 anos e pessoas acima de 60 anos; grátis às terças-feiras.
Tel.: (11) 3251-5644
www.masp.art.br

Fonte: Cidade de São Paulo

Senac SP oferece 12 mil bolsas de estudo gratuitas em janeiro e fevereiro em todo o Estado

Como parte de sua política de bolsas de estudo, o Senac São Paulo anuncia a abertura de 12  mil vagas gratuitas em todo o Estado, com cursos livres e técnicos que iniciam em janeiro e fevereiro de 2012. A iniciativa integra o Programa Senac de Gratuidade, que, ao longo do ano, oferecerá outras oportunidades de capacitação gratuitas. Com o objetivo de ampliar o acesso à profissionalização para a população de baixa renda, a instituição alterou o processo de inscrição, que deverá ser realizado pelo interessado diretamente pelo portal, no endereço www.sp.senac.br/bolsasdeestudo.

Técnico em Turismo, Agente de Turismo Receptivo, Técnico em Hotelaria, Técnico em Hospedagem, Técnico em Guia de Turismo, Recepcionista em Meios de Hospedagem, Recepcionista de Eventos, Monitor de Recreação, Salgadeiro (a), Doceiro (a), Garçom, Cozinheiro e Auxiliar de Cozinha são alguns dos cursos que serão oferecidos dentro da Política Senac de Concessão de Bolsas de Estudo. “O Senac São Paulo vem ampliando, anualmente, sua política de bolsas de estudo para aumentar as oportunidades de profissionalização para a população economicamente desfavorecida. A instituição acredita que o desenvolvimento de pessoas por meio da educação proporciona a inclusão social e facilita o ingresso no mercado de trabalho”, afirma Luciana Bon Duarte Fantini, gerente de desenvolvimento do Senac São Paulo.

Para participar, basta ter renda familiar per capita de até dois salários mínimos federais (R$ 1.090 hoje e, a partir de 01/01/2012, R$ 1.245,46) e não estar matriculado ou participando de outros processos de bolsas na instituição. A seleção será feita por ordem de inscrição. O candidato deve apresentar RG, comprovante de renda e histórico escolar, que podem ser enviados pelos Correios ou entregues pessoalmente na unidade de inscrição, no caso de cursos técnicos. Já para cursos livres, também há a opção do envio da documentação pela própria inscrição ou pelo e-mail que é informado posteriormente na mensagem automática de confirmação do cadastro.

As inscrições podem ser realizadas a partir de 1º de dezembro e encerram cinco dias úteis antes da data de início dos cursos, ou quando as turmas atingirem a relação de três candidatos por vaga; o que ocorrer primeiro.

Sobre o Senac São Paulo
Instituição educacional comprometida com a inclusão social, o Senac São Paulo organiza uma programação de cursos livres, técnicos, de graduação e pós-graduação em diversas áreas do conhecimento. São 54 unidades educacionais em todo o Estado de São Paulo, além de três campi do Centro Universitário Senac, dois hotéis-escola – Grande Hotel São Pedro e Grande Hotel Campos do Jordão –, e mais a Editora Senac São Paulo. A diversidade dessa atuação possibilita a oferta de atendimento corporativo e de cursos a distância.

Sob a gestão da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio), o Senac São Paulo reúne a força de 1,8 milhão de empresas e promove a difusão de conhecimento e empreendedorismo há 65 anos.

Serviço
Inscrições para a Política Senac de Concessão de Bolsas de Estudo
Cursos primeiro bimestre de 2012
Vagas: 12 mil vagas
Inscrições: a partir de 1º de dezembro de 2011 no endereço www.sp.senac.br/bolsasdeestudo
Informações: www.sp.senac.br/bolsasdeestudo ou 0800 883 2000
Gratuito

Fonte: Divulgação

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Carlos Scliar, da reflexão à criação



Gravuras, desenhos e pinturas serão destaques da mostra “Carlos Scliar, da reflexão à criação”, que traçará um panorama da obra gráfica do artista que leva título à exposição e ocorre do dia 09 de novembro até 09 de janeiro de 2012 na Caixa Cultural São Paulo.

Com obras realizadas ao longo de seis décadas de carreira profissional, Carlos Scliar (1920-2001) é reconhecido por sintetizar em suas obras os desafios, desejos, dilemas e estratégias modernistas no Brasil, tendo como principal traço de sua personalidade pessoal e artística o nacionalismo.

Visando o reencontro dos paulistanos com a construção da iconografia nacional, “Carlos Scliar, da reflexão à criação” integra participação política e social coletiva, ressaltando pequenas histórias contida em detalhes do dia a dia, como bules, velas, frutos, flores, bilhetes, memórias e silêncios.

Assim, a mostra reúne desde os primeiros trabalhos do artista, na década de 40, passando pelos Cadernos de Guerra, gravuras gaúchas, telhados de Ouro Preto, serigrafias e litografias, a série “Território Ocupado” – conjunto de obras feitas a partir de uma única gravura -, até sua obra final, um álbum sobre o Descobrimento do Brasil.

Serviço
Carlos Scliar, da reflexão à criaçãoData: de 09/11 a 08/01
Horário: de terça-feira a sábado, das 9h às 21h; domingo e feriados, das 10h às 21h
Local: Caixa Cultural São Paulo (Paulista)
End.: Av. Paulista, 2.083 – Cerqueira César (próximo à estação Consolação de metrô)
Preço: grátis
Tel.: (11) 3321-4400
Site: www.caixacultural.com.br

Sambas desconhecidos de Adoniran em destaque


Sambas “lado B” representam uma importante parcela da obra de Adoniran Barbosa. Relembrá-las é uma tarefa nobre e alguns músicos e pesquisadores desenvolvem esta atividade com esmero. O Conjunto João Rubinato (nome de batismo do sambista) cumpre este propósito e realiza o espetáculo “Jabá Sintético: As Músicas de Adoniran que a Rádio não Toca” no dia 30 de novembro (às 21h), na Ação Educativa e no Teatro Coletivo, respectivamente.

São onze “integrantes-coristas” que tocam violão, cavaco, surdo, pandeiro, flauta e tamborim e somam-se à presença de Toinho Melodia e da Velha Guarda da Unidos de Vila Maria. A apresentação na Ação Educativa tem entrada a R$ 5 é promovido pela Lira da Vila. Já o espetáculo no Teatro Coletivo tem entrada “pague quanto vale”.

Integram o conjunto: Alina Ká(voz), André Altaneira (percussão e voz), Cecília Franco (voz), João Furtado (pandeiro, voz e falas), Cássio Portuga (surdo e voz), Laura Imenes (flauta e voz), Pedrão Neto (voz e falas), Rodolfo Bela Vista (cavaco e voz), Sérgio Audi (flauta, voz e falas), Soraia Ioti (voz e falas) e Tomás Bastian (violão e voz).




Gastronomia: História e Cultura é destaque dos lançamentos de pós-graduação do Senac

Instituição oferece 77 cursos lato sensu em todo o Estado, sendo 19 novos título em diversas áreas do conhecimento.


O curso de pós-graduação lato sensu em Gastronomia: História e Cultura é uma das novidades do Centro Universitário Senac para 2012. Ofertado no Senac Aclimação, na capital, o título apresenta aos alunos a oportunidade de vivenciar práticas alimentares e gastronômicas articuladas ao meio social, histórico e cultural.

O curso é indicado para profissionais graduados que queiram atuar como gestores na área de alimentação em hotéis, consultoria e organização de roteiros gastronômicos ou mesmo no ensino superior de gastronomia. Durante as aulas, os alunos são preparados para os desafios do mercado de trabalho por meio de atividades como visitas técnicas, degustações e eventos, promovendo a interação entre teoria e prática. 

O Centro Universitário Senac oferta pós-graduação lato sensu, nos campi Santo Amaro, na capital, Águas de São Pedro e Campos do Jordão, ambos no interior do Estado, e em mais 19 unidades distribuídas pela capital, litoral e interior de São Paulo. Além dos cursos presenciais, os candidatos também têm à disposição a modalidade ensino a distância nas áreas de administração e negócios, educação e saúde e bem-estar.

Além do lançamento, a instituição oferece outros sete títulos na área de gastronomia, hotelaria e turismo. São eles: Administração de Negócios do Vinho, Gestão em Serviços de Alimentação – Foco em Resultados, Administração e Organização de Eventos, Docência no Ensino Superior, Administração Hoteleira, Hotelaria Hospitalar e Negócios do Entretenimento: Gestão e Organização.

Para se inscrever e encontrar informações sobre a oferta desses cursos basta acessar o site: www.sp.senac.br/posgraduacao. As inscrições estão abertas até o dia 27 de fevereiro de 2012 e a taxa de inscrição é R$ 50.

Serviço:
Inscrições para pós-graduação lato sensu do Centro Universitário Senac
Período: até 27/2/2012
Taxa de inscrição: R$ 50
Mais informações: www.sp.senac.br/posgraduação ou 0800 883 2000

Pessoas que trabalham nos setores de comércio e serviços têm 20% de desconto em cursos de graduação, pós-graduação e extensão universitária do Centro Universitário Senac. Acompanhe o Senac São Paulo nas redes sociais: www.sp.senac.br/redessociais

Fonte: Divulgação

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Doadores contam com recepção especial nos postos da Pró-Sangue

Campanha 2011 - Fundação Pró-Sangue

A data foi instituída no Brasil em 30 de junho de 1964, pelo decreto 53.988 promulgado pelo Presidente Castello Branco. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o número de doadores de um país seja de 3% a 5% do total da população. Contudo, segundo dados do Ministério da Saúde, este índice no Brasil está bem aquém do preconizado, não chegando a 2%. Vale destacar que no Brasil, hoje são coletadas anualmente 3,5 milhões de bolsa de sangue.

A Fundação Pró-Sangue já chegou a registrou mais de 4,6 milhões de doação. De acordo com o diretor técnico-científico da Pró-Sangue, o médico Alfredo Mendrone Junior, cerca de 85% das pessoas que vão à Fundação fazem a doação de forma voluntária, contra 15% que correspondem à doação vinculada (destinada a um parente ou amigo). "Esse número não apenas atesta a fidelização dos doadores à causa como demonstra que a Pró-Sangue está plenamente alinhada com as diretrizes da OMS que preconiza que a doação de sangue deve ser um gesto essencialmente voluntário, destituído de qualquer remuneração em espécie", ressalta.

Campanha 2011
Atrações - Neste ano, o Dia do Doador será comemorado na Pró-Sangue até amanhã, 26, com festa na Fundação. Hoje, 25, os doadores contam com uma recepção diferenciada nos postos de coleta, onde encontrarão um lanche especial incrementado com produtos da Bauducco, Hershey´s, Riclan e Agro Nippo Alimentos com doação de Mupy. Para dar um tom especial à festa, várias empresas darão seu apoio nessa ação, dentre elas incluem-se a agência Publicis Brasil, Level Up!, Vivo, Maxpress, Hangar de Flores, Mack Color, Sysmex, Giuliana Flores, Revista Hola! Brasil, Abbott Brasil, além das rádios Alpha FM, Band FM, Kiss FM, Mix e 89 FM.

Outra ação que ocorre até amanhã nas ruas é da Band FM que faz "pedágio" em frente aos postos da Pró-Sangue, distribuindo folhetos de incentivo à causa. Além disso, a rádio traz artistas e músicos à Pró-Sangue e inclui várias chamadas na sua programação convidando as pessoas a virem doar sangue.
No dia 25, no posto Clínicas, os doadores ganham rosas, oferecidas pela Sysmex, em parceria com a Giuliana Flores, e o local será decorado com arranjos florais da Hangar de Flores.

Além disso, os doadores contam com uma série de atrações, como a apresentação do grupo Família Contemporânea com Arnaldinho do Cavaco, Scaglione Jazz Duet (com Aldo Scaglione na guitarra acústica e Horácio Scaglione no contrabaixo), do Coral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, do grupo musical Cantando na Chuva Criações Artísticas, dos Mágicos Solidários e do Clown at Work (com Gilberto Kido como Palhaço Sujiro e André Correia como Palhaço Minduim).

Destaque - A Pró-Sangue está preparando uma surpresa especial para os doadores. Aqueles que vierem doar no Posto Clínicas poderão participar da campanha "Doe Sangue e Passe a Bola para um Amigo", que busca mostrar que a doação deve ser um hábito contínuo, e não um gesto pontual feito só quando uma pessoa próxima precisa. Painéis assinados pelo artista plástico Guto Lacaz e pelo fotógrafo Klaus Mitteldorf estarão no Posto Clínicas, na frente dos quais os doadores poderão tirar uma foto, tornando-se efetivamente um promotor dessa nobre causa.

Requisitos básicos para doação de sangueEstar em boas condições de saúde.

- Ter entre 16 e 67 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização).
- Pesar no mínimo 50kg.
- Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).
- Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).
- Apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade,
- Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).
- Impedimentos temporários


Impedimentos temporários

- Resfriado: aguardar 7 dias.
- Gravidez: 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana.
- Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses).
- Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação.
- Tatuagem nos últimos 12 meses.
- Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis, como não usar preservativo com parceiros ocasionais ou desconhecidos: aguardar 12 meses.

*recomendações da Fundação Pró-Sangue

Fonte: Fundação Pró-Sangue

SESC encerra evento sobre Câmara Cascudo com degustação

No dia 01 de dezembro (quinta-feira), às 19h, o SESC Carmo encerra o evento “Pitadas de Sabores e Alimentos do Brasil”, que celebra a obra “História da Alimentação no Brasil”, do escritor e pesquisador Luís Câmara Cascudo (1898-1986).

Nesse encontro, intitulado “Por Cima do Leite Não Há Fruta que Deleite”, serão apresentados, por meio de degustação e bate-papo, frutas e doces que o público adora com o especialista Douglas Bello (Projeto Sítio do Bello) e o chef Flávio Federico.

O primeiro falará sobre a importância das frutas na gastronomia nacional, apresentando frutas nativas como grumixama, cambuci, jenipapo, cabeludinha, amora silvestre, uvaia, araçá e alguns produtos feitos a partir delas como geleias, doces, sucos e biscoitos.

O segundo, especializado na criação de doces com ingredientes brasileiros, conduz a degustação do Viva o Cambuci, preparado com o fruto que tem um perfume intenso e adocicado, casca verde, com tons em amarelo e um pouco ácido, quase como o limão.

Segundo Mariana Ruocco, Coordenadora de Alimentação do SESC Carmo, “o fato de a atividade ter sido inspirada na obra de Câmara Cascudo valorizou os encontros e levou o público a entender melhor a história da alimentação no Brasil, por meio das contribuições étnicas e culturais de índios, africanos e portugueses”.

Sobre os convidados:

Douglas Bello criou há 11 anos, criou o Projeto Sítio do Bello. O objetivo é desenvolver o plantio de frutas nativas e a comercialização de produtos feitos com elas, gerando renda para pequenos produtores, ao mesmo tempo em que permite a recuperação e a preservação dos ecossistemas brasileiros por meio da fruticultura.

Flávio Federico é conhecido pelo uso de técnicas de alta confeitaria na criação de doces, utilizando frutas do Brasil como o cupuaçu, a goiabada e a butiá, araticum. Por muitos anos, forneceu sobremesas a restaurantes de São Paulo e hoje tem uma doceria, a Sódoces, onde vende chocolates, macarons, sorvetes artesanais, entre outros.

Câmara Cascudo:

Nascido em 30 de Dezembro do ano de 1898, em Natal, Câmara Cascudo morreu na mesma cidade em 1986. Foi folclorista, etnólogo, historiador, antropólogo, jornalista, advogado e escritor. Conhecedor de sete idiomas, publicou mais de 200 livros e 3.000 artigos. Sa fascinação por literatura era tanta que lia, em média, um livro por dia.

Fundou a Academia Norte-riograndense nos anos 30. Em 1977, ganhou o troféu Juca Pato, da União Brasileira dos Escritores, por ter sido considerado o intelectual do ano.

Em a "História da Alimentação no Brasil" teve o patrocínio de Assis Chateaubriand, responsável pelo financiamento das viagens de Cascudo à África, continente onde o autor estudou as raízes de uma parte fundamental da culinária brasileira. O livro tem uma importância tão impactante que o sociólogo Gilberto Vasconcellos afirmou que a obra “supera teoricamente o rigor de “O Capital”, de Karl Marx.

Serviço:


“Pitadas de Sabores e Alimentos do Brasil – Homenagem a Câmara Cascudo”
SESC Carmo - Rua do Carmo, 147 - Metrô Sé
Quando: 1º de dezembro
Quanto: De R$ 5,00 a R$ 20,00 (200 lugares disponíveis)
Informações: 3111-7000 ou www.sescsp.org.br.

Fonte: Divulgação

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Skate sim! E para Meninas!

Evento conta com a apresentação da banda de hardcore feminista Dominatrix.

Revelação do skate feminino, Jéssica Florêncio
foi um dos destaques da edição de 2009.
Skate não é só para meninos. E se você ainda duvida, não perca a quarta edição do maior campeonato nacional da modalidade, no “Skate Para Meninas – Street Show”, que acontece nos dias 26 e 27 de novembro, no Clube Escola Lapa, com entrada Catraca Livre. A disputa reúne as melhores atletas do Brasil e convidadas internacionais em uma celebração à figura da mulher no esporte.

A competição, que consolida a força feminina no cenário nacional, revela a atual posição do esporte no Brasil como um dos melhores do mundo. Segundo pesquisa Datafolha de 2010, aproximadamente 10% dos praticantes de skate no país são do sexo feminino, ou seja, mais de 386 mil praticantes.

A edição deste ano  contará com participações de peso. Destaque para as presenças da argentina Eugenia Ginepro e da norte-americana Alexis Sablone, considerada atualmente uma das melhores atletas do mundo na categoria street.  Quem também tem lugar garantido na festa é a campeã mundial de skate feminino, Letícia Bufoni, líder do ranking internacional pelo segundo ano consecutivo, e ícone do movimento mundo afora.

Além da competição, várias novidades prometem tornar o evento ainda mais especial. Uma delas será a “Oficina de Skate”, onde os participantes aprendem os primeiros passos na pista com o a apoio de skatistas profissionais. Outro destaque da programação será a apresentação do quarteto Dominatrix, seminal banda do cenário hardcore dos anos 90, que se apresenta no domingo, às 18h.

Hardcore feminista e nacional

Nos anos 90, uma geração surgiu após a contracultura punk, que reinventou o cenário musical brasileiro. Com batidas rápidas e melódicas, o hardcore ganhou espaço na cena musical independente e com ele nasceram novos grupos. Street Bulldogs, Personal Choice, Garage Fuzz e Dead Fish são alguns dos nomes que se destacaram durante o período em que o estilo se desenvolvia. Há 16 anos, as irmãs Isabella e Elisa Gargiulo decidiram fazer do feminismo a bandeira da banda considerada a precursora do movimento Riot Grrrl no Brasil: o Dominatrix.

O primeiro registro, “Girl Gathering”, foi lançado em 1997 pelo selo Teenage in a Box. Antes, o grupo já tinha lançado demos como “Pink Hair Rules” e “Little Girls”. Nos anos seguintes, mais dois álbuns foram feitos: “Self Delight” (1998) e “Beauville” (2003). Nesse meio tempo, parcerias com as bandas Street Bulldogs e Dance of Days renderam splits.

O Dominatrix já realizou shows em outros países como Alemanha, Holanda e EUA. No Brasil, além de apresentações durante eventos como a Verdurada e a festa de comemoração dos 10 anos de banda, realizada no Hangar 110. A banda tocou no festival feminista “Lady Fest”, em Amsterdam, e trouxe o mesmo para o país.

Recentemente, lançaram o EP “Quem defende pra calar” que pode ser baixado aqui.
 
 

 

James Blunt se apresenta no Credicard Hall em janeiro


O cantor britânico James Blunt acaba de confirmar que se apresentará no Credicard Hall no dia 18 de janeiro. Os ingressos para a turnê Some Kind of Trouble contam com pré-venda exclusiva para clientes Credicard, Citibank e Diners entre 21 e 27 de novembro - o público em geral poderá comprar as entradas a partir do dia 28. Os valores de entrada vão de R$ 30 a R$ 300. Com 19 milhões de cópias vendidas, Blunt atraiu a atenção do mundo em 2005 com seu primeiro álbum, Back to Bedlam, que continha o hit You're Beautiful. All the Lost Souls, lançado 2 anos depois,  estreou no topo das paradas em 10 países e ganhou elogios da crítica por sucessos como 1973 e Same Mistake.

Serviço
James Blunt
Data: 18 de janeiro de 2012
Local: Credicard Hall
End.: Avenida das das Nações Unidas, 17955 - Santo Amaro
Preço: de R$ 30 a R$ 300
www.credicard.com.br/credicardhall

Ciclistas pedalam em massa por São Paulo toda última sexta do mês

A cidade de São Paulo é bastante conhecida pela diversidade de oferta cultural, vários museus, programação intensa de filmes, peças de teatro, shows, vida noturna agitada. Para quem gosta de esportes, as atividades muitas vezes restringem-se a clubes e espaços privados. Também existe a opção de praças, parques e outras áreas públicas que, frequentemente, ficam lotadas aos fins de semana.

Uma alternativa para praticar exercício físico e, ao mesmo tempo, celebrar a ocupação das ruas com outras pessoas é a Massa Crítica, também chamada de Bicicletada, que acontece toda última sexta-feira de cada mês. O encontro aberto e gratuito é uma “coincidência organizada” festiva de ciclistas que utilizam a bicicleta como meio de transporte, mas também por aqueles que a usam somente por esporte ou lazer.

A cada edição, mais de 200 pessoas reúnem-se na Praça do Ciclista, localizada na Avenida Paulista com a Rua da Consolação – famoso ponto de encontro onde grupos marcam saídas para pedaladas – e oficializada pela Prefeitura de São Paulo com a denominação em 2007, após anos de luta dos cicloativistas.

A italiana Michela Ciminello veio a São Paulo para estudar no final de 2010 e, desde que chegou à cidade, sentia falta de andar de bicicleta. “Estava com saudade da magia de pedalar e então, no começo desse ano, conheci a diversidade de ciclistas na Bicicletada e gostei demais do povo! Para uma moradora e turista como sou, ver a cidade sobre duas rodas é algo diferente e apaixonante”, confessa a estudante.

Pedal das meninas

Para o público feminino que preferir interação com outras ciclistas, existe também o grupo das Pedalinas, coletivo que realiza pedaladas todo primeiro sábado do mês, nos mesmos moldes da Bicicletada. Além da pedalada, as participantes têm oportunidade de discutir sobre diversos assuntos, aprender como conduzir o veículo nas ruas e noções sobre mecânica de bicicletas, entre outros temas e atividades programadas, que são divulgadas no site: http://pedalinas.wordpress.com

A Bicicletada não possui trajeto fixo – a cada vez é feito um caminho diferente – e também não tem liderança, hierarquia, nem filiação partidária. É um movimento horizontal e democrático que agrupa pessoas de origens diversas, com as mais diferentes motivações: seja para divulgar a cultura da bicicleta e reivindicar espaço público para esse meio de transporte, manter a forma física, encontrar amigos, para conhecer gente nova ou, simplesmente, pedalar em grupo.

Mas uma coisa existe em comum entre todos os participantes: o gosto pela “magrela”. Outros veículos não-motorizados também são bem-vindos, como skate, patins, patinete e, eventualmente, alguns acompanham o percurso a pé. Pessoas de qualquer idade podem participar; basta levar o bom humor, boa dose de disposição e subir na bike.

Serviço:Bicicletada – Massa Crítica
Data: toda última sexta-feira de cada mês
Local: Praça do Ciclista
End.: cruzamento da Avenida Paulista com Rua da Consolação – Cerqueira César
Horário: concentração a partir das 18h e saída às 20h
Site:
www.bicicletada.org

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Pubs: um pedaço de Londres em São Paulo



Muito comuns no Reino Unido e na Irlanda, os pubs são lugares ideais para relaxar após um dia agitado, beliscar alguns petiscos, ouvir boa música e, principalmente, curtir uma bela e deliciosa cerveja. Sendo uma cidade que abriga o mundo inteiro, São Paulo oferece algumas opções que remetem ao clima britânico encontrado nesses estabelecimentos. Confira algumas sugestões:

Localizado em um antigo sobradão na esquina da Arthur de Azevedo com a Cristiano Viana, em Pinheiros, o Finnegan’s é o pub mais antigo de São Paulo, fundado em 1988. Lá é servido o autêntico Irish Coffee - whisky irlandês Jameson, café e espuma de creme de leite – e, para jantar bem, o prato recomendado é o filé ao whisky.

A decoração do All Black, no Jardins, parece te transportar instantaneamente para a Irlanda. Nesse pub, a cerveja não está só nos pints, mas também nos pratos, como o mini cheeseburguer de Guinness e a Arthur Guinness Meat Pie (torta Guinness com purê de batata, ervilha e molho roti).

A variedade do cardápio é o que chama a atenção no The Blue Pub. A duas quadras da Avenida Paulista, o espaço, decorado com pôsteres e camisas do futebol europeu, conta com carta de whisky e cachaça e mais de 50 opções de cerveja, entre rótulos nacionais e importados. 

Um dos pontos preferidos dos turistas estrangeiros em São Paulo é o O’Malley’s, localizado no Jardins. Com o slogan “a home away from home” (um lar longe de casa, em tradução livre), o local conta com garçons bilíngües e pratos típicos da Irlanda, como o Irish Stew - tradicional cozido de carneiro com batatas, cenoura, cebola e molho.

Não existiria um lugar mais propício para o clima londrino do The Queen’s Head em São Paulo: o pub está instalado no edifício do Centro Britânico Brasileiro. De terça a sábado, peça um prato de “fish and chips” (peixe frito com batatas e molho tártaro) acompanhado de uma das cinco opções de chope e curta os shows que acontecem no palco decorado pela enorme bandeira do Reino Unido.

No Rhino Pub não é problema se você não conseguir escolher entre os 60 rótulos de cervejas disponíveis. O pub, que se apóia na “santíssima trindade” de cerveja, rock and roll e futebol, oferece um "balde-degustação" com seis cervejas diferentes. De sobremesa, peça um Guinness Bruleé, creme bruleé feito com Guinness.

Ao entrar no The Sailor, os clientes sentem-se como se estivessem embarcando em um navio, com direito a escotilhas, baús e garçons e garçonetes vestidos como marinheiros. Na casa com três ambientes, as grandes atrações são os drinks inspirados em bandas de rock, como o Pink Floyd (gin, licor de cassis, grapefruit, hortelã, xarope de laranjeira e club soda), e as sopas alcoólicas, nova tendência mundial da coquetelaria, como a Cumbuquinha (cachaça Nega Fulo, compota de abóbora com cravo, gengibre, limão tahiti e xarope de côco).

Serviço
Finnegan’s PubFuncionamento: segunda a sexta, a partir das 18h; sábados e feriados, a partir das 19h
Endereço: Rua Cristiano Vianna, 358 – Cerqueira César
Tel.: (11) 3062-3232
Site: www.finnegans.com.br

All BlackFuncionamento: segundas, das 18h às 0h30; terças, das 18h à 1h30; quartas, das 18h às 2h; quintas, das 18h às 3h; sextas, das 18h às 3h30; sábados, das 19h às 3h30
Endereço: Rua Oscar Freire, 163 - Jardins
Tel.: (11) 3088-7990
Site: www.allblack.com.br

The Blue PubFuncionamento: domingo a quarta, das 16h à 1h; quinta a sábado, das 16h às 2h
Endereço: Alameda Ribeirão Preto, 384 – Bela Vista
Tel.: (11) 3284-8338
Site: www.thebluepub.com.br

O’Malley’sFuncionamento: diariamente, a partir do meio-dia
Endereço: Alameda Itu, 1529 - Jardins
Tel.: (11) 3086-0780
Site: www.omalleysbar.net

The Queen’s HeadFuncionamento: segunda a sexta, a partir das 17h; sábados, a partir das 19h
Endereço: Rua Tucambira, 163 - Pinheiros
Tel.: (11) 3774-3778
Site: www.queenshead.com.br

Rhino PubEndereço: Avenida Cotovia, 99 - Moema
Tel.: (11) 5095-9770
Site: www.rhinopub.com.br

The SailorFuncionamento: de terça a sexta, das 18h às 4h; sábado, das 20h às 4h
Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2776 - Pinheiros 
Tel.: (11) 3044-4032
Site: www.thesailor.com.br

Fonte imagem/texto: Cidade de São Paulo

Peça de teatro que homenageia Adoniran em cartaz na Caixa Cultural

De 8 a 11 de dezembro, a Caixa Cultural recebe o espetáculo Adoniran, inspirado no universo do mais paulistano dos cantores. A peça mistura dança contemporânea e cenas teatrais, ao som de violão, pandeiro, caixa de fósforos e sapateado, tendo como trilha sonora os maiores clássicos do compositor. A entrada é franca. O espetáculo reafirma a opção pela simplicidade e pelo samba, que se desenvolve a partir de uma singular caixa de fósforos, numa cadência única e reveladora do caráter criativo e universal da música popular brasileira, onde Adoniran figura como um dos seus mais ilustres personagens.

Serviço

AdoniranData: de 8 a 11 de dezembro
Horário: 19h
Local: Caixa Cultural
End.: Praça da Sé, 111 - centro - metrô Sé
Grátis
Tel.: (11) 3321-4400

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Brothers of Brazil retorna ao país para show de encerramento da turnê internacional

Projeto dos irmãos Suplicy faz apresentação em 10 de dezembro no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo.

Foto: Divulgação

Formado pelos irmãos Supla e João Suplicy, o Brothers of Brazil retorna ao país para um show no próximo dia 10 de dezembro, no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo, marcando o encerramento da turnê internacional do álbum PunkaNova.

Após assinarem com a SideOneDummy, respeitável gravadora californiana de bandas da cena neo punk como anti- flag, we are the ocean, Gogol Bordello, Flogging Molly e Gaslight Anthem, a dupla encerra a turnê com estilo, em show que trará no repertório a junção da bossa nova com o punk, que se mostra presente em faixas como Samba Around the Clock, Punch You e Take The Money And Run Away To Rio.

Com influências como Tom Jobim e Baden Powell, misturados aos punks Sex Pistols, e David Bowie e os onipresentes fab 4, já citados na canção I hate the Beatles, o projeto harmoniza as vertentes musicais e inova no cenário contemporâneo.

O Brothers of Brazil, nome dado por Bernard Rhodes, ex-empresário do The Clash, iniciou sua carreira internacional ao dividir o palco em 12 shows com Hugh Cornwell do Stranglers Cornweell e o Stranglers, considerados peças-chave da história do punk. A boa repercussão e aceitação do público e dos críticos renderam participação da dupla na Fashion Week de Nova York, Rock in Rio Lisboa e apresentações na Europa e Estados Unidos.

No Brasil, a dupla tocou em grandes festivais, como o Planeta Terra em 2008, ao abrir os trabalhos do palco Indie Stage e posteriormente ser eleito pelos internautas como o melhor dentre as atrações nacionais do festival; o Maquinária em 2009 com público estimado de 20 mil pessoas, e a primeira edição do SWU, responsável pela vinda de bandas como Queens of the Stone Age e Kings of Leon em 2010 ao Brasil.

Desde o início do ano, o Brothers of Brazil se apresentou no Warped Tour - maior turnê itinerante dos EUA - e realizou shows entre o Reino Unido e os EUA, totalizando mais de 100 apresentações. Na mídia internacional tiveram grande destaque, como a entrevista na rádio BBC de Londres com apresentação ao vivo. De acordo com Supla, “Seja para dez ou 10 mil pessoas, a gente sempre entra no palco com a mesma energia”.

ServiçoData: 10 de dezembro de 2011
Horário: Sábado, 17h.
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia-entrada)
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Portão 2 do Parque do Ibirapuera.
Informações: www.auditorioibirapuera.com.br
Tel: 3629-1075 ou info@auditorioibirapuera.com.br

Horários da bilheteria do Auditório Ibirapuera:
NÃO ABRE SEGUNDA-FEIRA
Terça a Quinta: das 11h às 18h
Sexta: das 11h às 22h
Sábado: das 9h às 22h
Domingo: das 9h às 20h

Ingresso em casa e pontos de venda:
Sistema Tickets For Fun, pelo site www.ticketsforfun.com.br  ou 11 4003-5588.
Formas de Pagamento: Visa, Amex e Mastercard, todos os cartões de débito e dinheiro. Não aceita-se cheques. Reservas sem taxa de conveniência pelo site: www.auditorioibirapuera.com.br

Formas de pagamento: apenas boleto bancário
Meia Entrada:
- Estudantes: apresentar na entrada Carteira de Identidade Estudantil.
- Professores da Rede Estadual, Aposentados e Idosos acima de 60 anos: apresentar RG e comprovante.
- Menores de 12 anos, acompanhados pelos pais, têm direito a 50% de desconto do valor da inteira, quando Censura Livre.

Fonte: Divulgação

2° Campeonato Brasileiro de Stand-Up Comedy


Estão abertas as inscrições para o 2° Campeonato Brasileiro de Stand-Up Comedy. Para participar gratuitamente é necessário enviar até o dia 16 de janeiro no máximo três vídeos do participante com duração de até cinco minutos cada, todos no estilo Stand-Up. Poderão participar pessoas de todo o país, sendo as eliminatórias divididas por região, depois de passarem por voto popular na internet. A grande final será em São Paulo no período de 22 a 25 de março. Mais informações, você encontra no site do Risadaria, promotora da competição.
O Stand-Up comedy vem crescendo no país, que está virando um grande celeiro de novos talentos. Cada espetáculo tem basicamente uma fórmula simples: um microfone, um banquinho (ou não) e o talento do humorista. As piadas variam desde críticas do cotidiano a temas inusitados, sendo de fácil entendimento e satisfação quase sempre garantida. Quase? Sim, porque muitas piadas são de improviso, dependendo assim da participação do público e do clima único de cada show.

Na cidade de São Paulo foi fundado a primeira casa de show nos moldes do stand-up americano, o Comedians Club, na agitada Rua Augusta. Além de lá, esses shows de comédia sempre podem ser encontrados em cartaz nos melhores teatros da capital. Por isso, o Risadaria escolheu a cidade para abrigar a final do evento.

Inscrições do 2° Campeonato Brasileiro de Stand-Up ComedyQuando: até dia 16 de janeiro
Quanto: gratuito
Onde: pelo site do Risadaria
www.risadaria.com.br/campeonato

Pacientes com câncer de mama participam de campanha que incentiva a autoestima

Com o apoio da AstraZeneca, a campanha Encontro com a Autoestima já passou por diversas cidades do país e chega a São Paulo na próxima terça-feira. A iniciativa leva às pacientes a mensagem de que a autoestima é a melhor escolha contra o câncer de mama, o mais incidente entre as mulheres, segundo o Instituto Nacional do Câncer.
O Encontro acontece hoje, 22 de novembro, no Hospital A.C. Camargo, em São Paulo. Com o objetivo de levar informação e promover a autoestima em mulheres que enfrentam o câncer de mama, a ação, que acontece desde 2009, já passou por diversas cidades brasileiras. Até o momento 45 instituições receberam o projeto, com a participação de aproximadamente 1500 pacientes e cuidadores.

A cada encontro, as mulheres são convidadas a assistir uma palestra sobre resgate e manutenção da autoestima. A programação conta ainda com uma sessão de fotos, em que as participantes são incentivadas a usar adereços e posar para um fotógrafo profissional. A melhor foto é impressa e entregue as pacientes.

As participantes responderão a um questionário de avaliação e um formulário de redação. A partir desse questionamento as pacientes refletem sobre quais valores são importantes para a mulher que enfrenta o tratamento de um câncer.

Além de ter a oportunidade de trocar experiências e tirar dúvidas, as mulheres receberão ao final do encontro três guias explicativos: um voltado para as próprias pacientes, outro para parceiros e familiares e um terceiro destinado a crianças e adolescentes. Os três materiais abordam de forma distinta, de acordo com cada público, temas de interesse como: o que é o câncer de mama, tratamentos disponíveis, dicas para uma melhor qualidade de vida, autoestima e sexualidade, além de conselhos sobre como lidar com a doença.

“Nosso foco é trabalhar a humanização, o resgate e manutenção da autoestima, que muitas vezes é difícil de ser reestabelecido. Acreditamos que com isso, as mulheres ganham mais confiança para superar as dificuldades. E a melhor maneira que vimos para conseguir isso foi apoiando várias instituições e profissionais da área de saúde que tem experiência no tratamento do câncer de mama,” diz Simone Rocha, Gerente de Grupo Oncologia da AstraZeneca.

Local:Hospital A.C. Camargo – São Paulo
Data: 22 de novembro de 2011
Horário: Das 10h00 as 13h00
Palestrante: Luciene Dressano

Fonte: Divulgação

Site de pontos de descarte de recicláveis do Brasil será lançado em 25/11

A cerimônia, realizada na Fundação Getúlio Vargas (FGV), em São Paulo, contará com a presença de Secretários Municipais de Meio Ambiente, autoridades e formadores de opinião.

No dia 25 de novembro, sexta-feira, das 9h às 12h35, a Made in Forest - maior rede ambiental global com foco em meio ambiente e sustentabilidade, realizará o lançamento oficial da plataforma de internet www.centraldareciclagem.org, no auditório nobre da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A Central de Reciclagem é um serviço gratuito, de utilidade pública, no qual a população pode pesquisar ONDE descartar corretamente 36 tipos de materiais recicláveis. Durante o evento, estarão reunidos Secretários Municipais de Meio Ambiente, autoridades, imprensa e organizações envolvidas com a temática.

A proposta do evento é sensibilizar o cidadão urbano sobre a importância de descartar os materiais corretamente e de maneira organizada, desde embalagens de alimentos e bebidas (em plástico, pet, alumínio, entre outros), além de móveis, metais, óleo usado em cozinha, vidro, eletrônicos, pilhas e baterias, pneus, lâmpadas. "O consumidor quer descartar corretamente seu lixo doméstico, o problema é que ele não sabe ONDE fazer esse descarte", afirma o co-fundador da Made in Forest e um dos diretores da Central de Reciclagem, Fabio Biolcati, ao completar que "Esta novidade está em consonância com a Lei Nacional dos Resíduos Sólidos".

Dentre os convidados palestrantes estão: o professor-doutor João Ricardo Moderno - presidente da Academia Brasileira de Filosofia, que falará sobre reflexões sobre o homem e seu habitat; a artista plástica Suzana Jardim - do Projeto Biotuca, discutirá sobre o universo da reciclagem e arte. Já o dr. Renato Felgueras Secretário de Meio Ambiente de Taubaté / SP e o Dr. Jaderson Spina - Secretário de Meio Ambiente de Jundiaí / SP, colocarão na mesa o tema: o desafio do desenvolvimento e o meio ambiente urbano.

Educação Ambiental

O site www.centraldareciclagem.org tem ainda material Educativo em dois formatos: textos informando sobre a importância e como descartar o material e até 4 vídeos sobre cada material reciclável "Queremos que a população conheça os detalhes da reciclagem dos materiais que descarta, de modo a avaliar o impacto sobre o meio ambiente", comenta Martin Mauro, diretor de parcerias da Central da Reciclagem.org.

Prefeituras Municipais
Diariamente milhares de pessoas telefonam para as prefeituras e empresas para saber onde descartar todo tipo de reciclável. A resposta quase sempre é frustrante, pois a administração pública municipal e as empresas, na maioria dos casos, não têm estrutura nem pessoal para dar a resposta desejada pela população. "Somos um aliado das Prefeituras Municipais e das empresas no fornecimento de informação dos pontos de descarte espalhados em todo o Brasil" completa Mauro, apontando que é na liderança dos prefeitos e secretários de meio ambiente e na iniciativa privada onde estão as respostas desejadas pela sociedade.

Para saber onde descartar entre no site www.centraldareciclagem.org , clique no material que de seja descartar e digite sua cidade. O serviço esta disponível para que as Prefeituras de todo o Brasil identifiquem, organizem e divulguem para a população onde descartar corretamente o material reciclável em sua cidade.

      Cronograma do evento e palestrantes.      09h – 09h30 – Recepção dos convidados;
      10h – 10h05 - Boas Vindas e Composição da Mesa;
      10h06 – 10h25 - Abertura Magna - Tema: Reflexões sobre o homem e o habitat - Prof Dr João Ricardo Moderno - Pres. Academia Brasileira de Filosofia;
      10h26 – 10h45 - Reciclagem & Arte - Suzana Jardim - Artista Plástica - Projeto Biotuca;
      10h46 – 11h05 - Sustentabilidade como alternativa viável de inclusão social - Felipe Bannitz - Coordenador do ITCP/FGV;
      11h06 – 11h25 - Cidades Sustentáveis - O Desafio do Desenvolvimento e o Meio Ambiente Urbano - Dr Renato Felgueras - Secretario Meio Ambiente de Taubaté SP;
      11h26 – 11h45 - Cidades Sustentáveis - O Desafio do Desenvolvimento e o Meio Ambiente Urbano - Jaderson Spina - Secretario de Meio Ambiente de Jundiaí SP;
      11h46 – 12h10 - Serviço de Informação ao Consumidor - ONDE descart ar recicláveis - Fábio Biolcati - Diretor Geral da Central da Reciclagem.org;
      12h10 – 12h30 - Seção de Perguntas aos participantes;
      12h31 – 12h35 - Encerramento do Evento.

Serviço:Evento: Lançamento Oficial da Central da Reciclagem. Org.
Local: Salão Nobre (4º Andar) da FGV - Rua Itapeva, 474 Bela Vista - São Paulo SP.
Data: 25/11/11.
Horário: 9h às 12h35.

Fonte: Divulgaçâo

Marisa Monte faz o primeiro Hangout no ar brasileiro no Google+

Usando sua página no Google+, +Marisa Monte fará hoje, terça-feira, dia 22 de novembro, às 20h, um Hangout no ar com seus fãs. Este é um recurso que permite a qualquer usuário do G+ iniciar um chat por som e vídeo com diversas pessoas ao mesmo tempo.

É a primeira vez que um artista brasileiro lança mão deste recurso para se comunicar com os internautas, que já foi anteriormente utilizado pelo cantor will.i.am e o também pelo Dalai Lama.

Todos os internautas terão a chance de assistir ao Hangout no ar e também poderão fazer perguntas dentro do Google+, utilizando a hashtag #MarisaNoGooglePlus. A moderadora Marina Person vai selecionar e fazer as perguntas dos fãs.

Para participar e assistir, é só entrar na página da cantora do Google+ no horário do evento.
Fonte: Divulgação

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Luiz Melodia e Banda Glória se apresentam no CCJ

Encontro antecede o show, que acontece dia 27 de novembro.  

O músico e compositor Luiz Melodia, nascido no morro do Estácio, no Rio de Janeiro, e filho do sambista Oswaldo Melodia, participa de um bate-papo no teatro de arena do Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ), dia 27, das 16h às 18h. Convidado do projeto Diálogos, o músico conta ao público um pouco de sua trajetória artística, desde os primeiros acordes na viola do pai até a consagração como artista renomado.

O encontro antecede a participação do compositor no show da Banda Glória, no anfiteatro do CCJ, às 18h. Formado atualmente por 12 integrantes, o grupo, surgido em 1996, mistura diversos gêneros musicais em seu repertório, que inclui sambas, chorinhos, xotes, marchinhas, baiões e maxixes. “A banda já passou por algumas formações, ficou parada por um tempo, mas a ideia sempre foi a de tocar música brasileira”, explica Luciano Barros, diretor musical do grupo.

O convite a Melodia partiu de uma das vocalistas da banda, Elaine Guimarães, que gravou uma música do compositor no álbum “Saudosismo”, feito em parceria com André Bedurê. “Com o Luiz, será a primeira vez que o grupo inteiro vai tocar. Quando ficamos sabendo, todo mundo topou na hora. A expectativa é a melhor possível porque nós somos fãs dele”, afirma Barros.

Quanto à escolha do repertório, o diretor musical explica que Melodia deverá tocar cerca de cinco músicas, incluindo composições próprias e da Glória. “Um consenso entre os 12 integrantes durante a seleção das canções é difícil, mas, como todo mundo tem mais ou menos o mesmo gosto, não tem muita discussão. Com tanto tempo de banda, a gente se conhece bem e já é uma coisa de família”, conclui.

Serviço: Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso. Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha, Zona Norte | tel. 3984-2466. Diálogo. Teatro de arena. Dia 27, das 16h às 18h. Show. Anfiteatro. Dia 27, das 18h às 21h30. Grátis (retirar ingressos, até dois por pessoa, a partir das 15h, na recepção do CCJ, apresentando documento com foto)

Fonte: Prefeitura de São Paulo

Senac São Paulo realiza mostra com fotos de árvores da cidade

O Senac São Paulo realiza exposição de imagens do 6º Concurso de Fotografia Árvores da Cidade de São Paulo no Parque da Luz, na capital, até 29 de novembro, das 9 às 17 horas. A mostra é gratuita e resultado do concurso promovido pela instituição em parceria com a Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente e a Porto Seguro, que teve mais de seis mil fotos inscritas e premiou as cinco melhores imagens que retratam árvores da Pauliceia. Vinte inscritos foram selecionados e têm seus trabalhos expostos com o objetivo de despertar a atenção das pessoas para a importância das árvores em ambientes urbanos. Após 29 de novembro as imagens devem percorrer também os parques do Ibirapuera, da Aclimação entre outros, além de unidades do Senac. Participando desta iniciativa desde a primeira edição, o Senac São Paulo reforça a sua contribuição com a arte, o meio ambiente e a cidadania.

Serviço:
Mostra Imagens do Concurso Árvores de São Paulo
Data: até 29/11; de 3ª a domingo
Horário: das 9 às 17 horas
Local: Parque da Luz
Endereço: Rua Ribeiro de Lima, 99 – Bom Retiro

Foto: Divulgação

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Arnaldo Antunes e Edgard Escandurra lançam disco em apresentação única em SP

Disco foi gravado no começo de 2011, em São Paulo e em Mali, na África, e será lançado em novembro.


Apostando em um novo projeto, os músicos Arnaldo Antunes, Edgard Escandurra e o maliense Toumani Diabaté (vencedor do Grammy Awards na categoria Melhor Álbum em 2010 e 2011) se reúnem no Cine Joia, dia 10 de dezembro, sábado, para apresentação única no Brasil. Neste show, o trio apresenta canções do disco A Curva da Cintura, gravado em abril e maio, entre São Paulo e Mali, na África. O álbum, produzido por Gustavo Lenza, resultou em um documentário, de Dora Jobim, ambos com previsão de lançamento em novembro.

O projeto A Curva da Cintura surgiu quando Arnaldo Antunes e Edgard Escandurra fizeram uma série de shows juntos, apenas com voz, violão, guitarra e um bumbo eletrônico. Inspirados pela sonoridade alcançada, produziram canções novas e decidiram gravar um disco. Toumani Diabaté veio para completar o trio após dividirem o palco em um concerto no festival Back2Black, no Rio de Janeiro.

Um ensaio e uma apresentação foram suficientes para que o maliense os convidasse para conhecer o seu país de origem e assim realizarem um trabalho em parceria. “Foi uma experiência mágica, do encontro de duas culturas diferentes dialogando ao encontrar afinidades através da música”, destaca Arnaldo.

Composto por treze faixas, sendo onze de autoria de Antunes e Escandurra, o disco conta com a participação especial de músicos africanos locais e de Sidiki Diabaté, filho de Toumani. Quatro faixas bônus completam o álbum que reúne uma mescla de instrumentos africanos, entre eles, kora, balafon e soku, com os delicados arranjos de violão, baixo e muitos outros.

Este show marca a primeira e única apresentação do trio no Brasil, em 2011, entretanto, a agenda de 2012 já está cheia de compromissos. Em março, o retorno de Toumani ao Brasil já está agendado bem como uma turnê pela Europa em julho. 

Os ingressos podem ser adquiridos pelo Facebook (facebook.com.br/cinejoia) e estarão à venda nos pontos físicos (indicados abaixo). Valores: Pista R$ 30,00 e camarote R$ 50,00.

Sobre Arnaldo Antunes
Poeta, cantor e compositor, nasceu em São Paulo em 1960. Integrou o grupo Titãs, com o qual gravou sete discos. Em carreira solo desde 1992, já lançou os discos Nome, Ninguém, O Silêncio, Um Som, O Corpo (trilha para espetáculo de dança do Grupo Corpo), Paradeiro, Saiba, Qualquer, Ao Vivo no Estúdio, Iê Iê Iê e Ao Vivo Lá em Casa, além de Tribalistas (com Marisa Monte e Carlinhos Brown). Tem vários livros publicados no Brasil (entre eles Psia, Tudos, As Coisas, 2 ou + Corpos no Mesmo Espaço, 40 Escritos, Como É Que Chama o Nome Disso e N. D. A., na Espanha (Doble Duplo) e em Portugal (Antologia).

Sobre Edgard Escandurra
Guitarrista, compositor e cantor paulistano. Integrou a banda de rock Ira!, com a qual lançou 14 álbuns. Em carreira solo, Scandurra lançou os discos Amigos Invisíveis, Benzina, Dream Pop, Benzina Remixes, Amor Incondicional e Edgard Scandurra Ao Vivo. Gravou a guitarra de diversos álbuns do parceiro Arnaldo Antunes. Relacionado na lista dos 100 Maiores Artistas da Música Brasileira, da revista Rolling Stone, participa ativamente da nova cena musical brasileira, colaborando nos trabalhos de nomes como Karina Buhr, Barbara Eugenia e Marcelo Jeneci. Em 2009, Antunes e Scandurra lançaram o projeto Pequeno Cidadão, voltado para o público infantil, com Taciana Barros e Antônio Pinto.

Sobre Toumani Diabaté
Um dos músicos africanos mais importantes da atualidade, Toumani toca kora, uma espécie de harpa com 21 cordas, instrumento tradicional da África Ocidental.  Nasceu em Bamako, em 1965, numa família de Griots (casta de músicos/ historiadores), que conta com 71 gerações tocando o instrumento. Já lançou 10 álbuns e se consagrou como vencedor do Grammy Awards de 2010 e 2011 de melhor álbum de Traditional World Music, numa parceria com o guitarrista Ali Farka Touré. Além de músico, desde 2008, Toumani Diabaté é Embaixador da Boa Vontade da Unaids, Programa das Nações Unidas para HIV e AIDS.

Arnaldo Antunes, Edgard Escandurra e Toumani Diabaté apresentam A Curva da Cintura @ CineJoia
Sábado, 10 de dezembro de 2011
Abertura da casa: 21h
Horário previsto do show: 22h
Ingressos:
Vendas online: facebook.com/cinejoia
Bar Volt: Rua Haddock Lobo, 40 – Consolação / Telefone: 2936-4041
Valores: Pista R$ 30,00; Camarote R$ 50,00;

ServiçoCine Joia
Praça Carlos Gomes, 82 - Liberdade
Site: www.cinejoia.tv
Telefone: 3231.3705
Capacidade: 1700 pessoas
Cartões de crédito e débito: Visa, Mastercard, Diners e Elo.
Possui área de fumantes e acesso a deficientes
Censura: 18 anos
Chapelaria: R$ 5,00
Serviço de vallet: R$ 20,00
O Cine Joia respeita a lotação máxima determinada por lei.

Fonte: Divulgação

Festival Outras Noites e Tiê no Bar Brahma Centro



O Bar Brahma e o Festival Outras Noites de Música Brasileira trazem para a esquina da Av. Ipiranga com a Av. São João estes shows em homenagem aos grandes nomes da nossa música, uma homenagem a “Era dos Festivais”. Jair Rodrigues, Raul Seixas e Jorge Ben são os homenageados do mês de novembro, todas as sextas-feiras no palco do Brahminha. Já a cantora Tiê, apresenta sucessos dos seus 2 discos "Sweet Jardim” e  “A Coruja e o Coração”, nas terças-feiras 22 e 29 de novembro no Salão Principal do Bar Brahma Centro.

Programação Bar Brahma Centro: de 25 a 30 de novembro

25/11/2011
Salão Principal
21h30 – Originais Do Samba;
0h – Carolina Soares – Samba de Raiz
R$ 45,00;

Braminha
23h - Projeto – Outras Noites
R$ 15,00

Boulevard
20h30 - RiverBoat's Jazz Band - Instrumental Circulante
R$ 14,00;

Esquina da MPB
20h - Rafael Mateus - MPB Contemporânea /POP - Voz e Violão;
23h30 – Angelica Sansone - Trio MPB/POP;
R$ 28,00;

26/11/2011
Salão Principal
14h30 - Naninha e Banda - Samba de Raíz
R$ 35,00M / R$ 45,00H;
22h – Diego Lleon e Banda - Rock/POP
0h - JOE ROBERTS and Friends - Rock Clássico
R$ 50,00;

Boulevard
14h – Trio Musikando – Instrumental Circulante;
20h30 - RiverBoat's Jazz Band - Instrumental Circulante
R$ 14,00;

Brahminha
22h30 – Dona Duda Ribeiro – Embaixatriz do Samba
R$ 35,00;

Esquina da MPB
14h30 - Markinhos Dikuã - Samba Raiz
R$ 25,00M / R$ 30,00H;
19h30 - Stênio Moura - MPB Contemporânea/POP Voz e Violão;
23h – Renata Pizi e Banda
R$ 30,00;

27/11/2011
Esquina da MPB
20h - Renato Tortorelli - Stand up com 2 convidados
R$ 20,00;

28/11/2011
Salão Principal
22h30 - Cauby Peixoto;
R$ 68,00

Esquina da MPB
21h - Ito Moreno - MPB Tradicional - Voz e Violão;
R$ 15,00

Circulante
20h - Luiz Mauricio – Palco de Bonecos;

29/11/2011
Salão Principal
22h30 – Tiê - Nova MPB
R$ 35,00;

Circulante
20h - Luiz Mauricio - Palco de bonecos;

Esquina da MPB
21h - Marco Vilane - MPB Contemporânea e Tradicional
R$ 15,00

30/11/2011
Salão Principal
22h30 – Samba de Rainha – Espetáculo de Samba
R$ 35,00;

Esquina da MPB
21h - Livio Macedo - MPB/POP
R$ 15,00;

Serviço do Bar Brahma CentroSite: www.barbrahma.com.br
Endereço:Av. São João, 677, Centro – São Paulo
Telefone: (11) 3333-3030 /3367-3601/02/03/04
Horário de funcionamento: De terça a domingo a partir das 11h da manhã até o último cliente, e nas segundas-feiras a partir das 17h até o último cliente.
Horário de funcionamento da cozinha: 2ª das 17h às 2h00, 3ª a 5ª, das 11h às 2h00.
6ª e sábado, das 11h às 3h. Domingo das 11h à meia-noite.

Almoço executivo: de terça à sexta, das 11h00 às 16h00 – Vallet gratuito, exceto nos feriados. Aos sábados, feijoada a partir das 11h00.

Ambientes: Salão Principal, Boulevard, Brahminha e Esquina da MPB.Capacidade da casa: Salão Principal – 220 lugares; Boulevard – 150 lugares; Brahminha – 120 lugares; Esquina da MPB – 120 lugares; Preço do café expresso:R$ 3,50; Preço do chopp claro: R$ 5,10; Preço do chopp black:R$ 5,90; Long neck:R$ 6,20; Cartões de Crédito: todos; Cartões de Débito: todos; Vale-refeição: Ticket; Restaurante e Visa Vale; Ar condicionado: Sim; Acesso para deficientes: Sim; Som Dolby Estéreo: Não; Som digital: Sim; Aceita cheque: Somente de pessoa física; Tem área para fumante: Sim; Aceita reserva: Sim; Manobrista: R$ 14,00; Wifi: Não; Pets: Somente acompanhando portadores de deficiência visual.

Fonte: Divulgação

Parque da Luz comemora 211 anos com três dias de programação

A partir de amanhã, o parque mais antigo da cidade comemora mais um ano de vida com atividades musicais e culturais.

Começa hoje, 18, o primeiro dia de atividades em comemoração aos 211 anos do Parque da Luz, localizado na região central da cidade. A programação será iniciada às 9h, com o hasteamento das bandeiras do Brasil, do Estado de São Paulo e da cidade. Na sequência, haverá ainda uma trilha, dentro do parque, com alunos da EMEI João Teodoro, além de apresentação da banda e do coral da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

No dia 19, sábado, a programação começa às 10h, com as Trompetadas no Coreto, do Projeto Elefante & Escola de Música New Jazz. No mesmo dia, haverá ainda contação de histórias e oficina de Origami na Casa de Chá. Às 14h a programação contará com a apresentação do Coral Polonês da cidade de São Paulo, também na Casa de Chá. Das 15h às 17h, apresentações musicais de diversas orquestras e grupos musicais estarão à disposição dos freqüentadores do parque.

No domingo, 20, as atividades serão iniciadas às 10h, com o grupo de teatro Pão com Ovo, apresentadas pelos atores Pedro Loop e Felipe Montanari. Às 15h o Coral Tradição se apresenta, fechando a programação de aniversário do Parque da Luz.

Serviço
Parque da Luz
Data: 18, 19 e 20 de novembro
Horário: 9h às 17h
Endereço: Rua Ribeiro de Lima, Praça da Luz
Informações: 3227-3545

Fonte: Divulgação